Existem situações, episódios ou fatos que aos nossos simples olhares passam desapercebido,
Mas nunca na visão do poeta
Este, nos mais trivias acontecimentos inspira a arte...

 


 

 

FLORES VERMELHAS

 

Correntes de rosas vermelhas

Atam meus pés e mãos.

A força própria se contém

Subjugados a este membro fraco,

O coração

 

Que não é mais tão fraco

Ganha em si mesmo a razão

Em seus lábios busca o motivo.

Sou escravo do meu coração

E ele de ti.

 

Rendo-me a este sentimento

O teu sentimento.

Em minha vida se torna o alento

Da mente, do corpo, da alma.

És agora meu tudo

Minha senhora amada.

 

Rendo-me agora a ti,

Ó flor avermelhada!

 

 

 

 

 

JONATHAS FRAGOSO CARVALHO

 

[ ver mensagens anteriores ]